Playtac

Focuslife

Colunistas

Home / Focuslife / COLUNISTAS Voltar

Minha VIDA por ROSSANA GHESSA
18 de abril de 2013

 

by Rossana Ghessa

"Queridos amigos e amigas,

Fui convidada pela revista FOCUSLIFE, através do Diretor ADRIANO CHANNE, para contar um pouco da minha trajetória artística para essa bela revista virtual. Senti me honrrada é ao mesmo tempo desafiada, afinal não sou escritora, mas como não vou escrever um romance, acredito que talvez consiga.

Sou atriz, Italiana, nascida em uma linda ilha no meio do Mediterrâneo chamada Sardegna. eu vim migrada para o Brasil com toda a família, em 1954, muito criança e fomos morar no interior de Sao Paulo,em uma fazenda enorme. Lembro me de ver as outras crianças brincando  e me chamando -  vamos brincar?, diziam elas, e esta foi a primeira coisa que aprendi a falar em português no Brasil.

Essa frase passou a ser a chave da minha vida, no bom sentido, o de levar a vida com alegria, amor, solidariedade e tudo mais o que nos torna pessoas menos egoistas e com amor ao próximo.

Depois, nos mudamos, ainda no interior de SP, para uma cidade chamada Jundiaí e foi onde começei a estudar Ballet clássico, sapateado e fui aprender, também, a Dança espanhola. Eu tocava castanholas e era comum reunir a galera para dar espetáculo, tambem començei a fazer teatro amador, escondido do meu pai, que quando descobriu!!... Ele era um homem bastante severo, mas, ao mesmo tempo, doce e amoroso. Uma coisa é certa: tudo o que sou hoje se deve a educação que recebi.

Mas continuando, aos 14 anos, mudamos para o Rio de Janeiro e fomos morar em Jacarepaguá, na rua Barão, onde rapidamente fiz amigos e continuava a dançar, cantar e sempre inventava modos de promover apresentações até que surgiu a idéia da turma de se inscrever no concurso de quadrilhas da roça no maracanâzinho. Criamos um grupo de 80 casais e fomos tri campeões. Em consequência, fui convidada para me candidatar a Miss Objetiva e comecei a aparecer nos jornais, passando a ser a candidata mais forte. Mas, alguém fez uma denúncia para os organizadores: o concurso era Internacional e sendo eu italiana, não poderia concorrer pelo Brasil.

Mas para infortúnio da denunciante, o tiro saiu pela culatra: desfilei hors-concour e isto me rendeu todas as manchete,s além de uma reportagem na revista FATOS e FOTOS de 3 páginas. Em seguida, fui contratada como modelo pela agência Macanerikson com 1 ano de exclusividade para fazer as grandes campanhas publicitárias tais como: Coca-cola, vulcam, Souza cruz, Colinos e outras que nem me lembro. Eu também apresentei o programa infantil de TV Agarre o que puder.

Tudo començou a acontecer ao mesmo tempo. Veio o primeiro convite para cinema em uma produção americana estrelada por JANE MANFIELD. A minha participação era pequena. Eu tinha que dançar nua atras de un biombo, de modo que só se via a minha silhueta.

Rossana Ghessa e o filme: BEBEL, A GAROTA PROPAGANDA

Assistindo as filmagens, estava o diretor VITOR LIMA, que me contratou para estrelar 3 filmes seguidos: PARAÍBA: vida e morte de um bandido, PATAS ASSASSINAS, e 007: O AGENTE ED SEX. Em seguida, veio o convite para a TV EXCELSIOR, onde atuava com grandes comediantes em 3 programas semanais que eram apresentados ao vivo. Também assinei contrato com CARLOS MACHADO, para grandes e luxuosos shows e mais o teatro um musical escrito pelo PEDRO BLOCK e dirigido pelo LEO JUSI, a ÚLCERA DE OURO, com MARILIA PERA, AUGUSTO CESAR VANUCCI, FLAVIO MIGLIACCIO entre outros. Um elenco maravilhoso.

Em seguida, veio o convite de MAURICIO CAPOVILA para estrelar BEBEL: a garota propaganda, meu 1 papel título e com o qual ganhei mau 1 prêio de melhor atriz em BRASILIA.

Rossana Ghessa, em cena do filme Ana Terra (1972)

Não parei mais. Fazia um filme após outro e veio o convite para fazer um teste na casa do ROBERTO MARINHO no alto da Boa Vista para uma produção da COLUMBIA PICTURE que seria ser filmado no Brasil, e no meio de tanta moças eu fui a escolhida. O filme era QUELÉ DO PAJEÚ, único filme Brasileiro rodado em 70 mm, por causa de uma briga da Columbia com os produtores brasileiros. Hoje, não resta nada do fime no Brasil alem de fotos e talvez um cartaz, pois a Columbia levou todas os negativos.

Com QUELÉ DO PAJEÚ, fui para o festival de NOVA DELHI na INDIA. Fui recepcionada como uma rainha por se a úica convidada de um país distante. O medo de um sequestro era evidente por causa do aparato para me receber. Além de 2 guardas na porta do meu quarto 24h, tinham 2 seguranças, 1 fotógrafos, 1 secretário e mais um motorista numa linda Mercedez preta com a bandeira do Brasil de um lado e a Indiana do outro,ficavam na minha cola o tempo todo, só me largando quando ia dormir, foi uma viagem de sonhos, para contar os detalhes precisaria de um livro, mas infelismente tive que voltar correndo por causa das filmagens de MEMÓRIAS DE UM GIGOLÔ.

Nessa época. além da TV, teatro e shows noturnos, eu fazia um filme atras do outro. Ao todo 58 filmes foram rodados até hoje e tem alguns que merecem destaque especial:

PARAIBA VIDA E MORTE DE UM BANDIDO: por se o meu primeiro filme, com JECE VALADÃO, DARLENE GLORIA, MILTON GONÇALVES e outro, que tiveram muita generosidade com uma garota inexperiente, sendo todos ele já estrelas consagradas no cenário artístico.

Em quase todas as filmagens. acontecem  histórias, as vezes curiosas, engraçadas, outras, dolorosas e outras ainda, trágicas ou perigosas. Mas, se fosse abrir um "parenteses" para cada episódio, precisaria escrever varios livros. ( Nota: serão contadas na coluna da FOCUSLIFE ).

Mas não posso falar da minha carreira de atriz sem me referir ao diretores maravilhos com quem já trabalhei e tambem os que ainda não trabalhei, mas de uma maneira ou outra tiveram a sua contribuição  para o meu crecimento profissional.

Rossana Ghessa no filme Lua de mel e Amendoim e noiva da noite

Em 1 lugar; quero falar do VITOR LIMA, o grande responsável e o primeiro a acreditar e a enxergar o meu talento. Sempre foi muito paciente, carinhoso, um verdadeiro mestre. Pra mim, foi mais do que um diretor. Além de meu amigo foi um segundo pai, sempre me apontando o caminho a seguir.

Rossana Ghessa

MAURICIO CAPOVILA, Diretor de BEBEL: A GAROTA PROPAGANDA,meu 1 papel titulo, e também filme que me deu o meu 1 prêmio de melhor atriz no festival de BRASILIA. Com ele, aprendi um pouco de Política, Literatura e outraa coisas que enriqueceram meu conhecimento.  me cercou de um grande elenco de estrelas super talentosos e generosos em compartilhar sua experiencias e me apoiando nos momentos de dúvida.

ANSELMO DUARTE era a grande personalidade daquele momento. Ganhador da Palma de Ouro e consagrado Internacionalmente, teve um teste na casa do ROBERTO MARINHO no Alto da Boa Vista para a escolha da garota que, ao lado do TARCISIO MEIRA eE JECE VALADÃO, iria estrelar o filme produzido pela COLUMBIA PICTURES e realizado no Brasil na super produção QUELE DO PAJEÚ. Entre tantas concorrentes, eu fui a escolhida no filme que Jece faria o bandido.

WALTER HUGO KOURY, o diretor das BELAS MULHERES, mas não só isso, amava o belo acima de tudo ( isto pode ser notado em todos os seu filmes ), um diretor de grande sensibilidade. Fiz 2 filmes com ele inclusive PALÁCIO DOS ANJOS, com o qual fui para CANNES e disputei a Palma de Ouro com grandes estrelas do mundo.

Foi meu grande momento quando desci as escadas de mármore de Carrara Bracos com tapete vermelho no meio, com um vestido deslumbrate ( branco ) apoiada pelo braço do Walter em um elegante terno e o saguão do HOTEL MARTINES, que estava repleto de estrelas e cheio de fotógrafos, só tinha uma estrela: ROSSANA GHESSA."

 

Contato: focuslife@playtac.com

SIGA 

 

Minha VIDA
Biografias, Histórias de vida de personalidades

Deixe seu comentário:

  • Luiza Maria Silva

    Maravilhosa e linda.Fiquei sua fã. Somos amigas no facebook.Ela merece muitos aplausos e muitas homenagens.

  • GUSTAVO BORJALO

    Parabéns, Rossana querida! E que essa biografia aumente com as novas (e belas) realizações que ainda estão por vir! Um beijo, com muito carinho.

  • TIÃO D´ÁVILLA

    PAIXÃO, ASSISTI A MAIORIA DESSES FILMES. JUNDIAÍ....SOU DE RIO CLARO, ALI PERTINHO. A MAIORIA DESSES FILMES ASSISTI EM SAMPA ONDE MOREI E ESTUDEI NA AMADA ESCOLA DE ARTE DRAMÁTICA DA USP . HÁ ANOS NOS CONHECEMOS O QUE VEM A SER MARAVILHOSO. PARABÉNS POR TUDO E É DE CORAÇÃO. COMO DIGO SEMPRE NO FACE : VAMUKIVAMU.....COM BEIJOOOOOSSS...LÓGICO.

  • Vera Silva Andrade

    A você parabéns continue a trilhar o seu caminho que sera cheio de sucesso, e brilhante...e principalmente pra nos brasileiros que com certeza hoje apesar de sua origem é uma brasileira...e muito bonita!!! SUCESSO SEMPRE!!!!!

  • Ligia galvão

    Excelente atriz, muito bonita, tanto que foi uma das 10 mais do Standislaw Ponte Preta. Parabéns!!!! Você veio, ficou e marcou! Parabéns!

  • Luciana Moreira

    Que bom assim conheci um pouco mais da sua carreira!!!!!!!! Parabéns e muito sucesso ainda. Bola pra frente... Meu carinho, Lu Moreira

  • Lino Corrêa

    Falar de Rossana Ghessa é falar da história de um cinema brasileiro que levou multidões as salas de exibição, é reverenciar a produtora que manteve a chama acesa de grande produções de filmes brasileiros, é assosciar ela a mais real expressão da arte cênica no Brasil que nem sempre valoriza à icones como ela. Ela merece ser prestigiada pela trajetória e serei com certeza um divulgador desse espaço. Lino Corrêa(ator e jornalista).

  • marcelo guimaraes cordeiro

    rossana, vc e uma grande estrela, e esta sempre a brilhar, e seu brilho e a propria simplicidade e amor, te desejo tudo de oimo, felicidades mil.seu fan e contato do facebook marcelo guimaraes cordeiro de jacarepagua rj.

  • Regina Estrella Pereira

    Rossana,minha amiga querida...meus sinceros aplausos!!!

  • Regina Coeli Estrella Pereira

    Pra você minha amiga querida,meus sinceros APLAUSOS!!!

  • Regina Silva

    Rossana Ghessa é e sempre será uma grande e talentosa atriz. É lamentável que sua bela figura não esteja sendo melhor aproveitada.

  • wanda ghessa hermida

    Rossana é uma linda historia,belos filmes continue em cartaz não pare....